Análise do Poema de Cummings Eu Levo Seu Coração Comigo

Você já conheceu alguém por quem você sente que está apaixonado? Cumming publicou um poema que explica como pode ser sentida e fervorosa uma conexão especial entre duas pessoas. Em 1952, Cummings publicou o ‘Eu carrego seu coração comigo’. Seu uso de parênteses e gramática surpreendeu o público e deu uma singularidade a sua escrita. Isto porque sua poesia desafiava as regras da linguagem de seu século. Cummings escreveu ‘eu carrego seu coração comigo’ para defender a beleza e a unidade do amor a seus leitores.

Ter uma clara apreensão da trama do poema é imperativo para compreender o propósito de Cummings de escrever ‘eu carrego seu coração comigo’. O poema é sobre duas pessoas, o narrador e seu amante. Ao longo do poema, uma conversa está sendo realizada entre os dois amantes sobre sua devoção eterna um pelo outro. Na primeira estrofe, o narrador diz à sua amada que a carregará sempre em seu coração. ‘eu carrego seu coração comigo (eu o carrego dentro/em meu coração) eu nunca estou sem ele’. Nesta citação, o narrador descreve como seu amor por sua companheira é tão profundo que ele sempre anseia por estar com ela. Ele quer mantê-la perto de seu coração, para nunca perdê-la. Os amantes expressam então como eles são equivalentes ao mundo um ao outro. ‘Eu quero/não quero mundo (pois bela você é meu mundo, minha verdade)’. Nesta citação, o narrador e sua amada continuam sua conversa. Eles se comparam um ao outro com ‘o mundo’. Isto é significativo porque eles afirmam que seu amor é tão potente um para o outro, que significam tudo um para o outro. A conversa deles muda então para como seu amor, e o amor universal, é o fundamento da vida. Cummings termina seu poema com a mesma linha com a qual começou. ‘eu carrego seu coração(eu carrego no meu coração)’. Isto é digno de nota porque traz o leitor de volta à base do poema, que o amor é infinito.

O uso genial da linguagem de Cumming envolve o leitor em uma base mais fina sobre a unidade do amor. Isto é mais notável em seu uso de parênteses. Ele usa parênteses depois que o narrador faz uma declaração. A razão para isso é mostrar uma conversa entre o relator e seu amante. ‘temo/ não tenho destino(pois você é meu destino, meu doce)’. Nesta citação, o narrador está revelando um medo pessoal e seu amante o conforta informando-o de que ele é o destino dela. Esta citação mostra a unidade de um amor forte porque representa que o amor pode superar desafios. Nesta citação, Cummings usa parênteses para mostrar a comunicação entre as almas gêmeas. Cummings também escreveu intencionalmente seu poema usando uma falta de espaço entre suas cláusulas. Ele faz isso para mostrar o simbolismo de como o amor une duas pessoas. Este ponto também é apoiado pelo fato de Cummings usar o uso de parênteses para mostrar uma conversa entre o falante e seu amante.

Analisar o simbolismo e o tema dentro de ‘eu carrego seu coração comigo’ ajudará na compreensão de como Cummings interpreta o amor como uma fonte de unidade para a eternidade. Cummings incorpora em seu poema a referência típica e romântica do ‘sol’ e da ‘lua’. O símbolo ‘sol’ e ‘lua’ representa como o amor nunca morrerá e durará para sempre. ‘e é você o que uma lua sempre significou/ e o que um sol sempre cantará é você’. Durante esta citação, o orador diz a sua alma gêmea que ela é tudo para ele. Esta citação exemplifica o simbolismo entre o ‘sol’ e a ‘lua’ porque representa como seu amor nunca se desvanecerá. O sol será sempre o centro do sistema solar e a lua sempre girará em torno da terra. Cummings usa o simbolismo usando seu amor para representar o ‘sol’ e a ‘lua’ e como ele nunca vai acabar. Em ‘eu carrego seu coração comigo’, a referência simbólica de que o amor é a chave do fundamento da vida é mostrada quando Cummings afirma, ‘(aqui está a raiz da raiz e o botão do botão/ e o céu do céu de uma árvore chamada vida; que cresce’. O narrador traz uma referência simbólica para a ‘árvore da vida’. Nesta ‘árvore da vida’, os botões representam a vinda da vida e o topo da árvore representa onde iremos parar na vida. O amor desempenha um papel na ‘árvore da vida’ porque nos faz ser quem somos, pois nos aventuramos gradualmente até o final de nossa jornada. Isto se correlaciona com o tema de o amor ser eterno. Isto se deve principalmente ao fato de que mesmo da fase de ‘broto’ para a fase de ‘céu’, o amor viaja conosco o tempo todo. Ele nos molda no que somos.

Em 1952, Cummings publicou um poema que abriria os olhos do público para o quanto o amor pode ser arrebatador. Ele contava a história de que o amor pode unir duas pessoas e durará por uma eternidade. O objetivo de Cummings escreveu ‘eu carrego seu coração comigo’ era informar seus leitores sobre como é estar no amor verdadeiro. Apreender a trama, o uso da linguagem, o simbolismo e o tema ‘eu carrego seu coração comigo’ ajuda os leitores na análise do significado do poema. O poema de Cumming ‘eu carrego seu coração comigo’ certamente tocará os corações de seus leitores com as referências profundas e emocionais encontradas dentro dele.