A Oposição de Edith Wharton ao passado e ao futuro na Era da Inocência

O passado permeia as vidas da New York Society como retratado por Edith Wharton em The Age of Innocence. A Sociedade parece ser uma instituição inerentemente conservadora com extrema atenção ao ritual e à tradição, evidenciada por nossa introdução no início do romance a um personagem que pode explicar até…

Perspectivas Filosóficas da Wharton em A Era da Inocência

Newland Archer não é apenas um intelecto bem lido, mas um pensador introspectivo que considera profundamente sua própria vida. Um conceito com o qual Newland luta constantemente é sua compreensão da ‘realidade’, e uma grande jornada exposta através da narrativa da Wharton é a mudança da relação de Newland com…

Questionando a Identidade: O significado de ser um americano

Em A Era da Inocência, Edith Wharton tenta recapturar a essência da Velha Nova Iorque, um momento na história americana do final do século XIX em que a interação social era ditada por rígidos padrões de propriedade e estilo. Enquanto a Wharton explora este meio através de seu protagonista Newland…