Viagem da vida como descrito em porque eu não pude parar para a morte

Life after death é um tópico que os humanos menos conhecem, como resultado, isto nos deixa com uma sensação de incerteza. Emily Dickinson escreveu um poema em iambic meter chamado ‘Porque eu não pude parar para a morte’ para contar uma história sobre a jornada de um personagem pela vida,…

O Erotismo das Noites Selvagens! As Noites Selvagens!

O ‘Wild Nights-Wild Nights!’ de Emily Dickinson é tão enigmático quanto condensado. A maioria dos críticos concorda que se trata de um poema essencialmente erótico, mas as interpretações variam muito dentro desse reconhecimento compartilhado de seu erotismo. Há discordância quanto ao que motivou o eros de Dickinson, para quem ou…

Poesia de Dickinson no Contexto da Era Romântica

‘Sempre que uma coisa é feita pela primeira vez, liberta um pequeno demônio’ (Dickinson, n.d.). À primeira vista, esta afirmação de Emily Dickinson transmite uma atitude negativa em relação ao único e ao novo. No entanto, após uma segunda interpretação, esta citação consegue encapsular perfeitamente a própria essência da Era…

Análise de I Felt a Funeral in My Brain por Emily Dickinson

Emily Dickinson’s, I Felt a Funeral in my Brain é um poema extremamente sombrio que retrata uma pessoa que está ficando louca. A visão geral do poema é que há um funeral sendo realizado em seu cérebro. Há um serviço fúnebre em andamento, com lamentadores andando para frente e para…

Emily Dickinson Vs. Walt Whitman: Comparando Temas de Desejo e Realização

Os poetas americanos Emily Dickinson e Walt Whitman são mais conhecidos por seus https://trabalhosacademico.com/ confessionais, nos quais expressam seus desejos e impulsos interiores. Ambos os poetas refletem suas próprias qualidades únicas através da escolha de estilo, forma e linguagem, enquanto discutem seus sentimentos de insatisfação e anseio sexual. Dickinson e…

Rima, ritmo e imagens naturais

Olhando o poema 666 de Emily Dickinson ‘Eu cruzo até me cansar’, podemos ver as conexões do poeta entre a natureza da vida ou da espiritualidade e as sutilezas da rima e do metro; esta conexão é importante porque estabelece um tom para a leitura do poema. A imagem natural…

Porque eu não pude parar para morrer por Emily Dickinson: Morte e Eternidade

Emily Dickinson foi uma das maiores poetas do século XIX. No entanto, seu tema único, especialmente Morte e Eternidade, lhe traz uma posição especial e a separa dos escritores contemporâneos. ‘Porque eu não podia parar para a morte’ consiste no mesmo tipo de tema e foi publicado após sua morte.…

Uma Viagem Poética para a Eternidade

Nas últimas décadas, um número considerável de comentários foi feito sobre a idéia de eternidade na poesia de Emily Dickinson. A seguir, vários exemplos: A poesia de Emily Dickinson de Robert Weisbuch (1975), Dickinson de Jane Donahue Eberwein: Strategies of Limitation (1985), Fascicles de Emily Dickinson de Dorothy Huff Oberhaus:…

Desconstruindo o Conceito da Verdade

O poema de Emily Dickinson ‘Tell all the Truth but tell it slant’ fala da idéia universal da verdade e da noção de que a verdade deve ser revelada gradualmente. A linguagem é vaga, porém, e se desconstrói de muitas maneiras. Falta de pontuação, estruturas de linhas borradas e um…

Tema da Sexualidade nas Obras de Dickinson

Ao ler a poesia de Emily Dickinson, muitas pessoas se encontram fazendo a mesma pergunta: Emily Dickinson era lésbica (ou pelo menos bissexual)? A resposta não é definitiva, mas existem amplas evidências para apoiar o fato de que ela pode ter se interessado pelas mulheres. Sua poesia é frequentemente analisada…

Leitura de Dickinson Através do Prisma Feminista

Como uma das poetas mais lidas até hoje, Emily Dickinson tem sido analisada por gerações. Seus poemas abordam questões humanas profundas como a morte, a religião e, talvez mais sutilmente, o gênero. Embora Dickinson tenha um estilo de vida predominantemente caseiro e doméstico e possa inicialmente sugerir o contrário, suas…

Biografia de Emily Dickinson

Geologia Emily Dickinson era uma poetisa americana. Ela era meio reclusa e não tinha assim tantos amigos. Ela nasceu em Amherst, Massachusetts, em 10 de dezembro de 1830. Ela era parte de uma família proeminente. Ela morreu em 15 de maio de 1886, em Amherst, Massachusetts. Ela tinha 55 anos…

Autodestruição e Insanidade em Eu Senti um Funeral, em Meu Cérebro

O inconsciente se refere a experiências que estão além do controle de alguém e que ocorrem sem que alguém esteja consciente. Dentro daqueles com doenças mentais, muitas pessoas se sentem desligadas de si mesmas e começam a sentir uma profunda sensação de solidão e ansiedade. Durante a queda na loucura,…

O Retrato do Trauma Pessoal e suas Consequências

Famosa como uma das criadoras da voz poética americana, Emily Dickinson é famosa por seu tratamento poético único do tema sombrio do trauma pessoal. Embora seus poemas sejam baseados em suas próprias reações a eventos traumáticos, eles ainda são relatáveis a um grande público porque ela omite a descrição real…

Análise da morte de Emily Dickinson porque não pude parar para a morte

Pelo menos ao nível da superfície do famoso poema de Emily Dickinson ‘Porque não pude parar para a morte’, o poema inclui uma Morte personificada que contradiz seu tropo clássico de uma entidade educadora do terror na literatura americana, especialmente na época. Ao encontrar a Morte, o narrador prossegue uma…

A Tragédia Triunfante da Morte

O poema de Emily Dickinson, ‘I Heard a Fly Buzz When I Died,’ é uma tentativa de responder a uma das principais perguntas da vida: O que acontece quando morremos? Em sua escolha de palavras, imagens e padrões de som, Dickinson reflete a incongruência entre as atitudes religiosas prevalecentes sobre…