Um olhar sobre as diferentes visões a respeito da bomba no Vietnã do Norte e do Sul

O bombardeio do Vietnã do Norte e do Sul foi eficaz? Por que ou por que não? Como se define ‘eficaz’ da perspectiva americana e vietnamita.

Por volta de 1964, a Resolução do Golfo de Tonkin foi aprovada, permitindo ao Presidente Johnson usar qualquer tipo de poder militar sem qualquer declaração formal de guerra. Isto levaria posteriormente à Operação Rolling Thunder, uma série de ataques e bombardeios ao Vietnã. O principal objetivo dos bombardeios era demonstrar a supremacia aérea dos Estados Unidos, e essencialmente mostrar suas grandes armas para assustar os vietcongues. Entretanto, havia uma limitação a tais bombardeios, já que os Estados Unidos estavam restritos ao que poderiam bombardear ‘com medo de provocar uma resposta soviética/chinesa’ (Trueman). Objetivamente, a Operação Rolling Thunder tinha dois objetivos principais: destruir a moral dos vietnamitas do Norte e impedir o fluxo de armas e militares do Norte para o Sul (Valentine). Os resultados foram exatamente o oposto. No que diz respeito às baixas nos Estados Unidos: ‘Devido a circunstâncias operacionais, mais de 900 aeronaves americanas foram perdidas, 745 tripulantes foram abatidos. De acordo com uma estimativa da CIA, os danos infligidos pelo bombardeio dos EUA no Vietnã do Norte foram de cerca de US$370 milhões em destruição física e 90.000 vítimas, incluindo 72.000 civis’ (Valentine). Mesmo assim, a operação ‘Rolling Thunder’ só iria elevar ainda mais o moral no Vietnã do Norte. Os norte-vietnamitas usariam os bombardeios como propaganda a fim de fomentar mais ódio e ressentimento contra os Estados Unidos. Além disso, a guerra só se estenderia para o sul, e os vietcongues seriam bem supridos. Em última análise, tornando o bombardeio do Vietnã do Norte ineficaz.

Em termos de definir a eficácia, deve-se avaliar os objetivos de qualquer tipo de campanha ofensiva. Em relação à perspectiva americana, pode-se avaliar que os ataques foram ineficazes. Isto porque os principais objetivos de sua campanha eram destruir a moral dos vietcongues e essencialmente mostrar seu poderio militar. Isto foi ineficaz porque só fomentou maior moral para os vietcongs e para os norte vietnamitas. Os vietcongs usaram estes bombardeios como uma ferramenta para criminalizar e retratar os Estados Unidos de uma forma desfavorável. Isto mobilizaria tanto os seguidores já estabelecidos de Ho Chi Minh quanto os camponeses que estavam na cerca para apoiar tanto a ARVN quanto as forças vietcongues. Este fracasso em alcançar tal objetivo poderia até ter sido prejudicial para os Estados Unidos, pois trouxe uma maior resiliência dos vietcongs para vencer em uma guerra pela qual eles estavam muito comprometidos e apaixonados. O segundo objetivo era evitar e destruir novos avanços para o Sul. Isto foi obviamente um fracasso assim que os vietcongs lançassem uma Ofensiva Tet e as forças vietcong não teriam problemas em entrar no Sul e infiltrar-se nos estabelecimentos lá. Isto foi evidenciado pela narrativa de Heyslip, mostrando como os vietcongs foram influências proeminentes na mudança das perspectivas dos camponeses do sul. Como os americanos não cumpriram seus objetivos e, em última instância, seus ataques só os colocariam em uma posição pior, estes ataques podem ser avaliados como ineficazes.

Em relação à perspectiva vietnamita de ‘eficácia’, a Operação Rolling Thunder seria muito grande, porém, somente para os vietcongs e as forças norte-vietnamitas. Estes bombardeios podem ser vistos como ‘eficazes’ simplesmente porque, os norte-vietnamitas só progrediram mais e se fortaleceram ainda mais como resultado dos ataques. Uma das maiores armas que os vietcongs tinham era um forte senso de nacionalismo e patriotismo, estes dois fatores alimentariam o apoio na guerra por mais difícil que ela parecesse para os vietcongs. Estes ataques lhes permitiram criar uma propaganda que só iria inflamar ainda mais este combustível e torná-lo mais forte. Portanto, de uma perspectiva vietnamita, os atentados foram muito eficazes na mobilização de apoio, talvez não tão eficazes quanto as pessoas acabaram morrendo como resultado. Assim, ao avaliar a perspectiva vietnamita, deve-se considerar as implicações mais amplas de tal resultado e ver como o governo do norte capitalizou tais bombardeios e o que ele fez ao moral e ao resultado geral da guerra.